2017, astrologicamente falando

Adriana Mello, Coluna Zen, Em Foco fevereiro, 2017

Como já dito anteriormente, encerramos um ciclo de 36 anos do Sol, e quem está assumindo o comando, daqui para a frente, é Saturno. Um tempo pautado por mais perseverança, sabedoria e disciplina começa a partir de agora.

Pelo tarô, 2017 será regido pela carta da fortuna. Apesar de esta carta lembrar dinheiro, ela fala sobre a sorte e as oportunidades que a vida oferece. Será um período rápido, instável, em que cada um precisará saber o que quer, para não se perder no meio deste movimento. O ano pedirá decisões com agilidade, controle das emoções e foco.

Falando de numerologia, o ano será comandado pela energia do número 1. Esse número revela o início, a tentativa, o despertar e a possibilidade de avançar positivamente rumo a um objetivo de maneira corajosa e independente. É o momento de comandar a situação, eliminar os medos e enfrentar os obstáculos de corpo e alma.

Falando pelas runas ligadas a Saturno, temos Hagalaz e Gebo.

Hagalaz tem a força energética da natureza e trará energia a 2017, para combater o ódio e prover justiça. Requer aceitação e flexibilidade. Hagalaz é a proteção, a justiça, é o despertar para a vida. É comparada aos “Olhos de Deus”. Se soubermos respeitar e merecer a sua força, seremos agraciados e protegidos por ela.

Já Gebo trará a energia das associações, da convivência e do amor. Rege solidariedade e facilidade em obter parcerias. Gebo indica união: duas linhas entrelaçadas se apoiam mutuamente. É a runa do amor, do equilíbrio e da confiança. São duas energias distintas unidas, mas sem perder a identidade. Gebo vem para trazer harmonia em todos os tipos de relacionamentos, promover parcerias. Amor, solidariedade, compreensão, equilíbrio, receptividade, união, convivência, associação e harmonia.

Para o baralho cigano, este é um ano de muita força da Terra pela astrologia ocidental e também um ano de muita força cigana. Assim, toda pessoa que tem linha cigana, proteção das linhas do Oriente e tem um carma de andarilho pela terra tende a ter seu carma testado pela vibração do Oriente. No horóscopo Cigano, teremos a regência da Ferradura, que, por sua vez, é regida pelo Cigano Ramur, tendo correspondência com a carta do Chicote do baralho cigano e se refere a ajustar e frear aquilo que está sem rumo ou mal organizado.

Ano do Galo no horóscopo chinês, será preciso ter jogo de cintura. Sua regência começa dia 28 de janeiro e termina em 15 de fevereiro de 2018. Este signo chinês simboliza virtudes, coragem, bondade, confiança e proteção. Ele representa a precisão, a perfeição e se associa ao tempo e à vigilância. Será um ano dinâmico, intenso e emocional, que exigirá disciplina para atingir as metas.

Vamos seguir e partir para um ano de amor, felicidade e muitas realizações.